27 de Janeiro, 2017

Rodrigo Oliveira é eleito presidente do Conlagos

O novo presidente pretende ampliar o debate sobre as políticas públicas de saneamento. 

O prefeito de Olho d’Água das Cunhãs, Rodrigo Oliveira (PDT), foi eleito presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional dos Lagos Maranhenses (Conlagos) para o biênio 2017/2018. A vice-presidência agora está a cargo do prefeito de Olinda Nova do Maranhão, Edson Barros (PCdoB), conhecido como Costinha. O diretor executivo do consórcio, Ronald Damasceno, foi reconduzido ao cargo.

Estiveram presentes à assembleia-geral extraordinária os prefeitos: Vianey Bringel (Santa Inês), Marcone Marques (Cajapió), Ronildo Campos (Penalva), Carlos Alberto Batalha (Pio XII), Luana Rezende (Vitorino Freire), Conceição de Maria (São Vicente Férrer), Francisco Nascimento (Lago Verde), Dulce Maciel (Satubinha), e José Sisto (Bacurituba).

O deputado federal Juscelino Filho (DEM), coordenador da bancada federal maranhense na Câmara, também participou da cerimônia e se colocou à disposição para atuar junto ao Governo Federal em defesa do consórcio e do fortalecimento dos municípios maranhenses. O parlamentar destacou a importância dos consórcios públicos para o fortalecimento regional. “É um instrumento de gestão que tem crescido muito no Brasil pela forma eficaz como une os municípios para a busca de soluções a demandas comuns. O Conlagos reúne regiões onde temos atuação expressiva, como a Baixada Maranhense e o Vale do Pindaré. Estamos à disposição do consórcio para atuarmos junto ao Governo Federal para viabilizar benefícios à população maranhense”, disse.

Rodrigo Oliveira defendeu a consolidação do diálogo institucional com os governos estadual e federal, bem como a discussão de soluções para problemas que se configuram como desafios aos gestores, a exemplo de políticas públicas para o saneamento básico e, consequentemente, o fim dos lixões, conforme prevê o Plano Nacional de Resíduos Sólidos.

"Aceitei o desafio de presidir o Conlagos por entender que é a partir da união que alcançaremos o fortalecimento municipal. Fizemos, por meio do consórcio, o Plano Municipal de Saneamento Básico, atendendo aos prazos previstos pelo Governo Federal. Isso nos permitirá pleitear recursos para esta área. Sabemos que esse ainda é um problema que muitos dos novos gestores têm pela frente. E são soluções assim, e experiências exitosas, que queremos apresentar”, concluiu.

Fonte: FEMACI

Última modificação em Sexta, 27 Janeiro 2017 10:33
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação