15 de Maio, 2018

São Leopoldo tem projeto selecionado para fórum

A seleção do  projeto em um fórum de nível internacional comprova a relevância do trabalho que a Semae desenvolve para aperfeiçoar o saneamento em São Leopoldo.

O Serviço Municipal de Água e Esgotos de São Leopoldo  (Semae/RS) foi selecionado para o fórum do Fundo Andaluz de Municípios para a Solidariedade Internacional (FAMSI),que esta sendo  realizado na Espanha.

O evento ocorre nas cidades de Córdoba, Sevilha e Huelva e conta com a participação de países da América do Sul e da Europa. Argentina, Peru e Uruguai também apresentarão seus projetos. São Leopoldo foi a única cidade do Brasil selecionada no edital.

Durante essa semana, os colaboradores Rafael Pazinato, Assessor de Gestão Organizacional, e Jones dos Santos, Engenheiro Mecânico, já participaram de reuniões do FAMSI e de uma conversa com o chefe de Esgotos da Empresa Municipal de Águas de Córdoba S/A (EMACSA), Joaquin Aguilar, que explicou os procedimentos de coleta e tratamento de esgotos e apresentou as instalações da Estação de Tratamento de Esgotos La Golondrina.

O subdiretor da EMACSA, Arturo Gomes, também dividiu com os brasileiros as ações que fizeram a empresa 100% pública atingir seu patamar atual. Na ocasião, Pazinato e Santos trataram das medidas adotadas pelo Semae para redução e combate às perdas.

Na próxima terça-feira (15), os representantes de São Leopoldo apresentarão formalmente o programa Semae Sustentável, lançado em outubro de 2017 e voltado para a eficiência hidroenergética.

O diretor-geral do Semae, Anderson Etter, que nessa semana acompanha a comitiva participante do Programa de Cooperação Urbana Internacional da União Europeia em São Leopoldo, destacou o protagonismo da autarquia.

"A seleção do nosso projeto em um fórum de nível internacional comprova a relevância do trabalho que estamos desenvolvendo. As melhorias alcançadas com o Semae Sustentável vão além da redução das perdas de água. O programa representa nosso empenho em aperfeiçoar todo o sistema de saneamento de São Leopoldo. Estamos contentes com esse reconhecimento", afirmou Etter.

O secretário municipal de Cultura e Relações Internacionais, Pedro Vasconcellos, também enfatizou a representatividade do Semae "Somos a única cidade brasileira a participar do Seminário Internacional do FAMSI. Essa é uma grande oportunidade para divulgarmos nosso trabalho no âmbito da água e do saneamento. Certamente ela abrirá muitas portas para São Leopoldo", declarou.

O FAMSI é uma rede de governos locais e outras entidades criada em 2000 para coordenar o interesse e os recursos técnicos e financeiros para a cooperação internacional para o desenvolvimento humano local.

Fonte: Semae São Leopoldo

Última modificação em Terça, 15 Maio 2018 11:41
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2018 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação