17 de Maio, 2018

SAAE Valença recebe visita de Promotor

Direção do Serviço Autonômo de Água e Esgoto de Valença (BA) e promotoria visitam Estação de Tratamento de Água.

Na última quinta-feira dia (10/05), a Direção do SAAE acompanha Dr. Felipe Ranauro, Promotor Público, em visita a Estação de Tratamento de Água de Valença – ETA .

O motivo da visita foi referente ao Inquérito Civil do reservatório localizado na Estação de Tratamento de Valença, no Alto do São Roque que segue interditado. Mesmo com Termo de Compromisso e Ajustamento de Conduta – TAC, firmados entre as partes, a empresa Oliveira Santana Construções Ltda, vencedora do certame, objeto de repasse n° 0237764-46/2007 e n° 023814018/2007, firmados entre o Ministério das Cidades e Prefeitura Municipal de Valença no ano de 2011, cujo vulto licitatório se aproximou dos 5 milhões de reais, a empresa Oliveira Santana não conseguiu atingir o objetivo do TAC, uma vez que as fissuras no reservatório continuaram.

A empresa foi responsável pela construção e ampliação do reservatório da principal estação de tratamento que abastece a cidade de Valença. Após contratação de laudo para extração de testemunho de estruturas de concreto, o relatório apontou necessidade de contratação de cálculo estrutural, uma vez que trata de um reservatório em concreto. Por uma questão de segurança, o Ministério Público e Direção do SAAE mantiveram o reservatório seco, uma vez que só o laudo do estruturalista deverá apontar possíveis reformas ou sua completa demolição. 


Existe uma enorme preocupação por parte da Direção do SAAE, pois, além do prejuízo ao erário, a obra trouxe prejuízos a população, pois, deixamos de utilizar o reservatório que abasteceria a cidade, como também trouxe prejuízos a Autarquia no que se refere aos gastos com despesas fixas e variáveis. 

Tivemos um aumento de 100% na conta de energia da bomba que capta água na ETA, uma vez que a mesma passou a trabalhar 24 horas desde dia 15 de fevereiro de 2017, tivemos custos com hora extra de servidores que monitoravam a captação para que não houvesse sobrecarga na bomba, tivemos um ajuste também no valor da empresa que presta serviço de manutenção nas bombas, uma vez que a mesma aumentou os reparos nos equipamentos da captação.

Fonte: Sanear Rondonópolis

Última modificação em Quinta, 17 Maio 2018 12:54
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2018 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação