29 de Março, 2019

Sanear avança na construção de adutora

A adutora resolverá os problemas de falta de água no Parque Universitário de Rondonópolis. 

Os moradores do Parque Universitário, Rui Barbosa, Tancredo Neves, Vila Olinda I, II e III, Pedra 90, Paineiras, Oásis e Ana Carla, em Rondonópolis (MT), há alguns dias vinham reclamando a falta de água em suas torneiras. A região é abastecida por três poços artesianos e estão contidos na zona de abastecimento ‘Aeroporto’, onde há obras sendo executadas e que contemplarão três reservatórios, um superpoço, e uma adutora que interligará o superpoço ao reservatório. A equipe do Serviços de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) monitorou a região e identificou que devido à expansão crescente da malha urbana, há o déficit no abastecimento de água.

Para resolver o problema destes moradores a curto prazo, a autarquia iniciou a construção de uma adutora com dois mil metros de extensão, bem como está realizando obras de setorização em diversas ruas do Parque Universitário para equilibrar o abastecimento entre a zona alta e a zona intermediária. A previsão é que em 60 dias a obra seja entregue para a comunidade e o problema, resolvido.

O diretor Técnico do Sanear, Hermes Ávila, explicou que as obras já começaram e devem diminuir o problema de falta de água na região. “São ações que tendem a minimizar os problemas na região. Vai ser uma obra para atender os moradores da parte alta dos bairros mencionados, que são os que mais vêm sofrendo com o problema. A equipe também identificou vazamentos frequentes na região do Parque Universitário devido às erosões, o que desestabiliza o sistema de abastecimento nos bairros mencionados”, concluiu.

Fonte: Sanear Rondonópolis

Última modificação em Sexta, 29 Março 2019 10:07
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação