04 de Abril, 2019

SAAE de Bocaiuva conhece CCO de Itabirito

A tecnologia controla em tempo real todo o sistema de abastecimento de água do município. 

Uma comitiva formada por integrantes do SAAE de Bocaiuva (MG) realizou, na última terça-feira (03/04), uma visita técnica ao SAAEde Itabirito. O objetivo foi trocar experiências e conhecer de perto o funcionamento do Centro de Controle Operacional (CCO).

O supervisor administrativo José Flávio de Assis, o administrador Jairo Alves, e o engenheiro Rodrigo Silva foram recebidos pelo diretor-presidente do SAAE de Itabirito, Wagner Melillo, que apresentou detalhes a respeito dos projetos desenvolvidos pela autarquia.

O SAAE de Bocaiúva está em processo de informatização daí o interesse em saber detalhes sobre o funcionamento do Centro de Controle Operacional, que por meio de uma tecnologia inovadora tem capacidade de controlar em tempo real todo o sistema de abastecimento de água do centro e dos distritos de Itabirito.

“É de grande importância conhecer o processo tecnológico utilizado em Itabirito, principalmente as tecnologias que garantem maior eficiência, economicidade na operação dos sistemas como o caso do CCO”, disse o administrador Jairo Alves.

O chefe de setor do Centro de Desenvolvimento Tecnológico, Marcelo Braga, fez um apanhado de todo o sistema de tecnologia desenvolvido pelo Saae de Itabirito. Ele destacou o aplicativo Saneamento responsável por controlar todas as demandas internas e operacionais da autarquia.

Marcelo apresentou também o Datalogger, um programa que registra dados de temperatura ou umidade em um intervalo de tempo preestabelecido para análise posterior. Essa tecnologia é utilizada no Programa de Controle de Perdas do SAAE responsável por conquistar uma redução de 10% do índice de perdas das águas setorizadas.

“Estamos impressionados com a qualidade das instalações e à elevada qualificação dos serviços e dos profissionais de Itabirito”, reconheceu o engenheiro do Saae de Bacaiúva, Rafael Silva.

A equipe de Bocaíuva também conheceu um pouco de como é feito o processamento tarifário em Itabirito, por meio da chefe do Setor Comercial, Cláudia Barreto. Ela explicou que apesar da qualidade dos serviços prestados de saneamento em água e esgoto, os valores cobrados  estão bem abaixo dos praticados por outras companhias de saneamento.

O diretor-presidente do Saae, Wagner Melillo, considerou a visita importante para a transmissão de conhecimentos e experiências entre as Autarquias e se colocou à disposição para dividir todo o processo de tecnologia utilizado para a melhoria dos serviços de saneamento básico.

“Estas visitas mostram que o SAAE de Itabirito está se tornando uma referência nos serviços de saneamento prestados em Minas Gerais”, finalizou Wagner.

Fonte: SAAE de Itabirito

Última modificação em Quinta, 04 Abril 2019 16:25
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação