Imprimir esta página
14 de Maio, 2019

Assemae premia startups com ideias inovadoras em saneamento

Assemae premia startups com ideias inovadoras em saneamento

III Prêmio Startup Assemae busca ocorreu em Cuiabá, como parte do 49º CNSA.

“Hidrômetro com telemetria e inteligência de baixo custo”. Este foi o projeto vencedor do III Prêmio Startup Assemae, iniciativa que reuniu em Cuiabá soluções inovadoras para o setor de saneamento básico. O evento fez parte do 49º Congresso Nacional de Saneamento da Assemae, realizado de 06 a 10 de maio, com mais de 1.800 participantes.

O projeto, desenvolvido pela startup HidroReader, de Tangará da Serra (MT), busca a automação do processo de leitura de consumo de água e combate a fraudes. O hidrômetro é capaz de enviar o consumo e as fraudes por movimento, magnética e obstrução, bem como por vazamento interno.

O dispositivo tem software embarcado e é instalado em hidrômetros para leitura em modo broadcast e mesh. É capaz de identificar tentativas de fraudes e vazamentos, com plena conectividade na infraestrutura urbana em ambiente smart city. O HidroReader também elimina erros ao dispensar a leitura convencional por meio da transmissão de dados para smartphones ou tablets via anúncios ou, ainda, criando uma grande rede urbana.

A conquista projeta a empresa nacionalmente, que já possui pedidos para todas as regiões do Brasil. “Sempre acreditamos na nossa tecnologia, mas confesso que foi uma surpresa. Não esperávamos uma aceitação tão grande no mercado”, disse Thiago Zago, CEO da startup, citando que já houve manifestações de interesse de grandes serviços de saneamento do país.

O segundo lugar do Prêmio foi alcançado pela startup Nilton Del Zotto, com o projeto “Niltex - suporte descartável para sacos de lixo”. Trata-se de um suporte feito em papelão, tem fácil montagem, por meio de dobradura no papelão, e conta com tampa travada, evitando que o lixo se espalhe. O fundo é vazado, o que facilita o acondicionamento dos resíduos no saco plástico e sua adaptação a qualquer piso, como por exemplo, na areia da praia.

A startup Acqua Logic ficou com o terceiro lugar do Prêmio, a partir do projeto “Software que engloba os principais processos e os processos-chave para o controle de perdas em sistemas de abastecimento de água”. A solução se baseia nos critérios adotados pela Internacional Water Association (IWA), entidade mundial de referência no controle de perdas. Faz uso de metodologias de gestão de alto desempenho, desenvolvidas na Harvard Business School, em especial quanto ao controle de indicadores e monitoramento do sistema.

Oito startups foram selecionadas para o III Prêmio Startup e participaram da feira de saneamento no 49º Congresso da Assemae. Todas passaram pela avaliação de uma comissão de especialistas, que observaram critérios como estágio de desenvolvimento e validação do produto, serviço, tecnologia ou projeto proposto, grau de atratividade e potencial de aplicação no mercado, perfil empreendedor e impacto nas empresas de saneamento básico.

Última modificação em Terça, 14 Maio 2019 14:43