30 de Setembro, 2019

Daerp investe em material hidráulico

O material será utilizado para manutenção e implantação de novas redes.

O Daerp de Ribeirão Preto (SP) está adquirindo R$ 660,5 mil em materiais como abraçadeiras, anel e colar de tomadas, em ferro fundido, que serão utilizados na implantação e substituição de redes adutoras que estão sendo realizadas. Em um ano foram adquiridos R$ 2.519.509,00 em tubulações, abraçadeiras e acessórios hidráulicos em ferro fundido.

As tubulações e acessórios são utilizados na substituição de redes adutoras e na implantação de novas redes que estão sendo executadas pelo Daerp. Está prevista a implantação de 4.377 metros de adutoras. Serão quatro adutoras interligando poços e reservatórios. Além das novas adutoras, o material está sendo utilizado na substituição e reparo de adutoras já existentes.

Segundo o diretor Técnico do Daerp, Lineu Andrade de Almeida, a aquisição deste material é muito importante, não somente para a implantação de novas adutoras, mas para o trabalho cotidiano do Daerp. “São tubulações importantes para a realização do trabalho diário para atender às demandas dos usuários”, explicou.

Novas adutoras

A primeira adutora em construção é a que interligará o poço Elpídio Gomes e o reservatório Cel. Quinzinho Junqueira, na área central da cidade, melhorando o abastecimento na área central. Na Ribeirânia será construída uma adutora de 1.304 metros interligando o novo poço do Botafogo com os reservatórios da Ribeirânia, com capacidade de 300 mil litros e 2 milhões de litros de armazenamentos, que serão construídos este ano na rotatória da avenida Costábile Romano com a avenida Leão XIII.

Também será construída uma adutora de 1.150 metros interligando o poço do Parque São Sebastião com o novo reservatório com capacidade de 2 milhões de litros que será implantado no local ainda este ano.

A quarta adutora, com 990 metros de extensão, interligará o poço com o reservatório do Jardim Cândido Portinari, permitindo que a água produzida no poço passe a ser jogada diretamente no reservatório e deste distribuído, por gravidade, para os imóveis no bairro e no Jardim Ouro Branco.

Fonte: Daerp

Última modificação em Segunda, 30 Setembro 2019 10:41
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação