04 de Novembro, 2021

Dmae Porto Alegre irá monitorar saneamento em tempo real

A autarquia municipal deu início à operação do Centro de Supervisão Operacional (CSO).

Responsável por mais de 270 estações, entre tratamento, bombeamento e reservatórios, e quase cinco mil quilômetros de redes de água, esgoto sanitário e pluvial em Porto Alegre, o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) deu início nesta quarta-feira, 3, à operação do Centro de Supervisão Operacional (CSO).

Localizado na rua Gastão Rhodes, 188, bairro Santana, o início dos trabalhos foi acompanhado pelo prefeito Sebastião Melo, diretor-geral do Dmae, Alexandre Garcia, secretário municipal de Inovação, Luiz Carlos Pinto, presidente da Procempa, Letícia Batistela, diretores e técnicos do departamento.

"A tecnologia é fundamental para a melhor tomada de decisões. Às vezes, uma rede que rompe três vezes por semana não adianta consertá-la, tem que trocá-la. O Centro de Supervisão Operacional é um passo muito importante para diminuir custos, tomar decisões de forma mais ágil e entregar bons serviços para população" - Prefeito Sebastião Melo.

Para Melo, a transformação digital é uma prioridade da nossa administração. "Governo que hoje não estiver na palma da mão, não entrega bons serviços", reforçou.

O objetivo é atuar de forma proativa, identificar as deficiências estruturais e propor melhorias antes que as falhas possam ocorrer. "Cada vez que o Dmae precisa atuar é necessária uma grande mobilização que influencia diretamente no cotidiano da população, como no conserto emergencial de estações que interrompem o abastecimento ou na abertura de vias que compromete a mobilidade urbana. E são mais de 170 mil protocolos de atendimentos ao ano”, pondera o diretor-geral, Alexandre Garcia.

Aliando a Tecnologia da Informação (TI) e a Tecnologia da Automação (TA) com técnicas de supervisão, controle e análise, realizará em tempo real o monitoramento e a integração das informações operacionais dos processos de saneamento, em conjunto com o Centro de Controle Operacional (CCO) do departamento, atuante desde 1994, que hoje opera e monitora de forma on-line 110 estações automatizadas. “Estamos preparados para implantações tão importantes como a do Dmae, que utiliza a estrutura de dados do município, sustentada pela Procempa", aponta Débora Roesler, diretora técnica da empresa

"O espaço tem tudo a ver com o caráter que queremos imprimir de inovação, de agilidade, usando os sistemas de informação para suporte e para uma melhor ação de gestão dos ativos da prefeitura", diz o secretário Luiz Carlos Pinto.

O CSO conta com um painel de telas conectadas a todos os sistemas internos de atendimentos e operações e a sistemas externos, como os meteorológicos. “Para evitar recorrência de falhas serão analisados, por exemplo, eventos de fugas recorrentes na mesma região, faltas d’agua, extravasamentos de esgotos e alagamentos propondo ações corretivas ou preventivas tanto em nível de manutenção e conservação, como de projetos e obras estruturais”, comenta o diretor de Operações, Sérgio Cerentini.

Texto: Prefeitura de Porto Alegre

Foto: Mateus Raugust/PMPA

Última modificação em Quinta, 04 Novembro 2021 09:49
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2021 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação