16 de Novembro, 2016

Combate a perdas de POA recebe consultoria

Ministério das Cidades selecionou um projeto do Dmae para receber uma consultoria internacional visando a redução de perdas de água e o uso eficiente de energia.

O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) de Porto Alegre teve um projeto selecionado nacionalmente pelo Ministério das Cidades como um dos seis que receberão, sem custos, durante 18 meses, uma consultoria internacional, com técnicos e equipamentos, visando à gestão de perdas de água e o uso eficiente da energia elétrica. Trata-se do Programa de Desenvolvimento do Setor Água (Interáguas) da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental.

“A dimensão da importância disso para Porto Alegre pode ser dada pelo fato de que já tínhamos programado a contratação desse tipo de serviço no início do ano e, pelas dificuldades financeiras atuais da prefeitura, tivemos que suspender a licitação”, explica o diretor-geral adjunto do Dmae, Ronaldo Napoleão, que coordena o Grupo de Trabalho (GT) permanente encarregado da redução e controle de perdas de água.

Esta consultoria está avaliada em R$ 2 milhões e será financiada pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). O projeto do Dmae tem orçamento de R$ 5,2 milhões para 2017 e projeta um benefício de R$ 23 milhões por ano ao reduzir as perdas aparentes em 1,4 bilhões de litros por ano e as perdas reais em 1,8 bilhões de litros por ano, numa média de 75 mil litros por ano por ligação.

“Nosso grande ganho será de conhecimento, porque o que aprendermos com essa consultoria internacional poderá ser aplicado ao restante do nosso sistema no futuro”, explica a engenheira Rosane Coimbra. “E, com esse projeto aprovado no Ministério, estamos nos habilitando a futuros financiamentos nacionais e/ou internacionais na área de abastecimento de água”, completa.

Esse projeto do Dmae está referenciado no Subsistema São Manoel, a partir da Estação de Bombeamento de Água Tratada (Ebat) São Manoel, um dos primeiros bombeamentos do Sistema de Tratamento de Água Menino Deus, o maior da cidade. A partir dali são feitos 15 bombeamentos em sequência, abastecendo 13 bairros – Santana, Jardim Botânico, Partenon, Petrópolis, Cel. Aparício Borges, Santo Antônio, Jardim Carvalho, Jardim do Salso, Bom Jesus, Vila João Pessoa, Vila São José, Agronomia e parte da Lomba do Pinheiro – e beneficiando aproximadamente 400 mil pessoas.

Fonte: Dmae Porto Alegre

Última modificação em Quarta, 16 Novembro 2016 16:49
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação