27 de Janeiro, 2020

Associados apoiam municípios atingidos pelas chuvas no ES

Autarquias capixabas promovem onda de solidariedade para reestabelecer abastecimento de água. 

Em meio ao caos provocado pelas fortes chuvas que castigaram o sul do Espírito Santo, os Serviços Autônomos de Água e Esgoto (SAAEs) da região têm promovido uma verdadeira onda de solidariedade para ajudar os municípios atingidos pelas enchentes dos últimos dias.

Os municípios mais afetados até agora foram Iconha, Vargem Alta e Alfredo Chaves, os três com serviços autônomos de saneamento básico. Pelo menos seis pessoas morreram devido às chuvas intensas dos dias 17 e 18 de janeiro, provocando estragos como a destruição de residências, ruas e comércios locais, além da contaminação de mananciais e desabastecimento de água potável.

Para auxiliar os municípios a reestabelecer a normalidade nos sistemas de saneamento, os SAAEs capixabas mais próximos aos locais afetados estão se mobilizando em ações de apoio. Gestores e técnicos dos serviços têm colaborado com a desobstrução de avenidas, conserto de redes, transporte de equipamentos e doação de insumos químicos.

Outra ação importante é a realização de análise físico-química para verificar a qualidade da água, após o reestabelecimento do abastecimento em algumas áreas. Entraram nessa onda de solidariedade os SAAEs de Mimoso do Sul, Itaguaçu, Itapemirim, Linhares, entre outros.

A presidente da Assemae Regional do Espírito Santo, Bárbara Salles, parabeniza os municípios pela nobre iniciativa. “Quão bonitas são as atitudes dos SAAEs, que não estão medindo esforços para dividir o pouco que têm (pois sabemos que alguns possuem quadro funcional bem enxuto e poucos recursos), com o objetivo de tentar minimizar os transtornos de Iconha, Alfredo Chaves e Vargem Alta. Essa solidariedade, união em prol do bem comum demonstra humanidade e empatia, sobretudo porque todos estão sujeitos a essas ou outras adversidades. Parabéns a todos”, acrescenta.

Estragos

Quase nove mil pessoas ainda estão fora de casa no Espírito Santo em consequência das fortes chuvas que atingem o Estado desde o dia 17 de janeiro. Segundo a Defesa Civil, 18 municípios permanecem em alerta máximo para alagamentos e deslizamentos de terra. Quarenta e três estão em alerta moderado. No total, 49 municípios seguem com algum tipo de alerta vigente, o que representa 62% das cidades do Espírito Santo.

O município de Alfredo Chaves foi o que teve o maior volume de chuvas no Espírito Santo - 249,2 milímetros. Lá foram registradas três mortes por conta dos deslizamentos.

Em Iconha, o nível de água subiu muito rápido, com mais de quatro metros de elevação no nível do rio que corta a cidade. Praticamente 100% do comércio local foi atingido. O município também registrou três mortes decorrentes das enchentes.

Em Vargem Alta, quatro pessoas ficaram feridas por conta dos eventos causados pelas tempestades. Lá choveu 231,6 milímetros.

Imagens: Assemae Regional ES

Última modificação em Segunda, 27 Janeiro 2020 14:11
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação