10 de Setembro, 2019

Conheça a experiência exitosa de Ibiporã

Assemae inicia série de reportagens sobre municípios que são referência em saneamento básico.

A Assemae inicia nesta semana uma série de reportagens especiais para divulgar experiências exitosas de saneamento básico sob a gestão dos municípios. A iniciativa tem como objetivo dar evidência aos associados da entidade, destacar a qualidade dos serviços municipais e subsidiar as discussões sobre o processo de revisão do marco legal do saneamento básico. 

Semanalmente, a entidade publicará uma reportagem especial com experiências bem sucedidas de saneamento municipal.  O primeiro case é o município de Ibiporã, no Paraná, que acumula prêmios nacionais pela excelência dos serviços públicos de saneamento.

Com 51 anos de atuação, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Ibiporã atende 100% da população urbana com água tratada, 98,5% da população conta com redes coletoras de esgoto doméstico, sendo 100% do esgoto coletado. Este o saneamento que dá certo. Confira a experiência do município de Ibiporã:

Samae de Ibiporã investe na reestruturação de todo sistema de saneamento para melhorar qualidade do atendimento

Criado como autarquia municipal em 1968, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Ibiporã (PR), nos seus 51 anos de existência, é responsável por executar com eficiência três dos quatro eixos do saneamento no município. Durante todos esses anos de serviços bem prestados aos seus usuários, inúmeros reconhecimentos em prêmios e certificados foram concedidos a esta autarquia.

Para continuar prestando serviços de excelência, o Samae tem investido na aplicação das mais modernas tecnologias disponíveis no mercado, em projetos de infraestrutura de saneamento e capacitação de seus servidores. Nos últimos quatro anos, foram investidos aproximadamente 10 milhões de reais em melhorias do sistema, o que faz com que os munícipes locais possam contar com índices bastante expressivos de saneamento básico.

Atualmente 100% da população urbana e aproximadamente 58% da população rural do município são atendidas com água tratada. No perímetro urbano, 98,5% da população conta com redes coletoras de esgoto doméstico, sendo 100% do esgoto coletado, tratado em uma das três ETE’s existentes.

Com relação à gestão dos resíduos sólidos domésticos, o Samae mantém um programa de coleta seletiva integral, com a segregação na fonte geradora em três tipologias, resíduos orgânicos, recicláveis e rejeitos, que atende integralmente a população urbana e 100% da população rural com a coleta dos resíduos recicláveis.

O Samae atende ainda a algumas demandas do município de forma colaborativa, como a coleta de carcaças de animais de pequeno porte mortos em vias públicas, realiza a coleta dos resíduos de saúde das UBS e UPA municipais, e ainda alguns programas integrados ao setor de educação ambiental, como coleta de óleo de cozinha usado, que é destinado à cooperativa de catadores estruturada e apoiada pela autarquia.

Estão sendo investidos em 2019 cerca de R$1.000.000,00 no serviço de desassoreamento de duas unidades de tratamento de esgoto, por conta dos níveis de comprometimento da capacidade de tratar com a eficiência estabelecida por norma, atendendo aos parâmetros para lançamento do efluente final no corpo receptor do sistema.

Além disso, está sendo reestruturada a frota da autarquia, com a aquisição de dez novos veículos para melhorar a qualidade do atendimento e proporcionar mais conforto e segurança aos servidores. Entre os veículos adquiridos, destacam-se um caminhão hidro vácuo equipado com sistema moderno e alta pressão, também um caminhão com sistema munck, equipado adequadamente para atender o setor de manutenção eletromecânica.

Como conquistas importantes para o Samae, é possível mencionar o Prêmio ABES de 1998, PNQS em 2000, Certificação ISO 9001 em 2003, IV Prêmio Destaque Paraná em 2003, Prêmio V de Junho em 2011, Prêmio A3P em 2012, Prêmio ODM ONU 2013 e V Prêmio Gestor Público Paraná em 2017. Estes prêmios e certificações coroam uma sequência de bons trabalhos realizados ao longo destes cinquenta anos, cuidando do saneamento básico no município de Ibiporã e proporcionando saúde e bem estar local.

Para aferir os índices de satisfação, são realizadas pesquisas periódicas que retratam o alto nível de aprovação por parte dos usuários dos serviços prestados. Os critérios utilizados são: qualidade da água, coleta e tratamento de esgoto, coleta de resíduos sólidos domésticos, cronograma de coleta de resíduos sólidos, leitura e entrega de faturas e pressão hidrostática da rede de distribuição.

Texto e fotos: Samae Ibiporã

Última modificação em Quarta, 25 Setembro 2019 09:27
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação