15 de Julho, 2021

Ribeirão Preto substitui aparelhos para leitura

Os novos equipamentos possuem mais capacidade de memória, o que agiliza o trabalho dos leituristas. 

Foram entregues, nesta semana, 40 novos aparelhos celulares para os leituristas em Ribeirão Preto (SP). Os equipamentos são utilizados no trabalho de leitura e transmissão de dados das leituras dos hidrômetros. A troca faz parte do contrato com a operadora e não teve custos para a autarquia.

Os novos aparelhos possuem mais capacidade de memória, o que agiliza o trabalho dos leituristas e a transmissão dos dados para o sistema. Outro ponto importante da troca é o fato que o Daerp está realizando a implantação do novo sistema de conta, pelo qual a leitura e a impressão são feitas simultaneamente para entrega ao cliente.

Os novos aparelhos vão agilizar este trabalho. Atualmente, cerca de 28 mil imóveis na cidade já estão com o sistema implantado, de um total de 206 mil imóveis cadastrados. Para o chefe da Divisão de Leitura, João Mariotti, os novos aparelhos vão agilizar o novo sistema. “Os novos aparelhos têm maior capacidade de armazenamento de dados, a interface com as impressoras, agilizando o trabalho dos leituristas”, concluiu.

Segundo o engenheiro Henrique Gonzaga Estrada, responsável pela gestão dos serviços de telefonia do Daerp, o contrato de telefonia celular prevê a substituição dos aparelhos a cada dois anos, sem custos para a autarquia.

Texto/Foto: Daerp Ribeirão Preto

Última modificação em Quinta, 15 Julho 2021 10:37
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2021 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação